Dólar bate R$ 4,11 e juros futuros rondam a estabilidade.

Investidores estão à espera de indicadores da economia brasileira que serão divulgados Ao longo desta semana.

 

O dólar comercial voltou a testar o nível de R$ 4,11 na manhã desta segunda-feira, enquanto os juros futuros se mantêm próximos da estabilidade, com os investidores à espera de indicadores da economia brasileira que serão divulgados nesta semana.

Por volta de 9h40, o dólar era cotado a R$ 4,1078 no segmento à vista, com elevação de 0,38%, após máxima de R$ 4,1167. No mesmo horário, a taxa do DI para janeiro de 2021 passava de 4,47% no ajuste anterior para 4,475%; a do DI para janeiro de 2022 avançava de 5,15% para 5,16%; a do DI para janeiro de 2023 subia de 5,68% para 5,70% e a do DI para janeiro de 2025 ia de 6,38% para 6,39%.

Com a alta desta manhã, o dólar segue sua reta de apreciação ante o real observada já na semana passada, quando dados da produção industrial vieram abaixo do esperado, ao mesmo tempo que o IPCA mostrou que os núcleos da inflação continuam bem comportados e podem abrir espaço para novos cortes na Selic.

Além das vendas no varejo, a semana ainda traz a atividade no setor de serviços amanhã e o IBC-Br, na quinta-feira. Todos os indicadores trazem números referentes a novembro. Hoje, a pesquisa semanal Focus, do Banco Central (BC), mostrou que a projeção mediana do mercado para o crescimento econômico neste ano se manteve em 2,3%, enquanto a estimativa para o PIB de 2021 continuou em 2,5%.

No exterior, o dólar não mostra sinal único em relação a outras divisas de mercados emergentes.

Fonte: https://valor.globo.com/financas/noticia/2020/01/13/dolar-bate-r-411-e-juros-futuros-rondam-a-estabili

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *