420 empresas simples de crédito já emprestam para MEIs e pequenos negócios no país, diz Sebrae.

Até o fim de setembro, 420 Empresas Simples de Crédito (ESC) foram abertas no país, segundo balanço cedido em primeira mão ao G1 pelo Sebrae.

Esse tipo de empresa foi criado no fim de abril, para possibilitar que cidadãos emprestem dinheiro a microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e companhias de pequeno porte. O objetivo é ampliar o acesso ao crédito para esses públicos.

A taxa de juros média praticada para o segmento é de 40% ao ano. A expectativa é de que o número de ESCs chegue a 490 até o fim deste mês. Em agosto, 230 estavam em operação.

De acordo com levantamento do Sebrae, a maior das pessoas que decidiram abrir uma companhia desse tipo (55%) já atua em outra atividade relacionada ao crédito ou ao mercado financeiro.

Dessas, a maior parte (63%) trabalha com factoring, modalidade parecida com a ESC, que possibilita empréstimo a pequenas e médias empresas. Outros 22% têm empresas financeiras, 16% têm securitizadoras e 6% têm empresas de cobrança.

Segundo a pesquisa, os empreendedores que já atuam com factoring disseram ter optado pela nova modalidade, principalmente, pela possibilidade de se enquadrar no sistema de tributação de lucro presumido (mais vantajoso que o de lucro real) e também de trabalhar com empréstimos com garantias reais, por meio de alienação fiduciária.

Carlos Melles, presidente do Sebrae, calcula que o mercado de financiamentos para pequenos negócios deve crescer 10% quando 1 mil ESCs estiverem em operação.

 

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/10/22/420-empresas-simples-de-credito-ja-emprestam-para-meis-e-pequenos-negocios-no-pais-diz-sebrae.ghtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *